Impressões

_Impressões

Para ajudar os jogadores a amarrarem os seus heróis na crônica, o narrador pode solicitar Testes de Impressão para definir melhor as suas relações.

Esta publicação tomou como base a matéria Vinculando Todo o Grupo do pessoal do RPG Notícias, um dos maiores, senão o maior site do nosso hobby no País (aproveitamos e mandamos um grande abraço para o Leandro Pugliesi e o Thiago Rosa), que naquela matéria nos convidam a explorar elementos de narrativa do Dungeon World e do Fate para ajudar a amarrar os personagens dos jogadores, lembrando que o Mundo das Trevas já utilizava algo parecido nos estereótipos entre os clãs/tribos/tradições/etc.

Impressões

Para servir como referência de interpretação para os jogadores no momento de estabelecer os relacionamentos entre os protagonistas, o narrador pode pedir aos jogadores para escrever individualmente uma frase sobre o que seu personagem acha de cada um dos outros protagonistas. Ou seja, uma frase para cada outro herói. Esse texto serviria como referência e às vezes até influenciaria no sistema, ajudando a dar mais fluidez à interpretação desses personagens. Se essa regra opcional para o Crônicas repetisse a mesma fórmula não seria oferecido nada de novo, e essa não é a intenção.

No começo da crônica, o narrador pode realizar a seguinte dinâmica: cada jogador pede a cada um dos outros jogadores que façam um Teste de Destino (role 1d6) para definir como anda a relação entre os seus personagens naquele período. Caso os heróis ainda não se conheçam, estas serão as primeiras impressões que terão um do outro no primeiro contato (neste caso, rerrole os resultados 1 e 6). Como não é comum que as pessoas se entendam o tempo todo, dessa forma os relacionamentos poderão ser explorados com mais profundidade. A Impressão deve nortear o ânimo da relação naquele momento no começo da crônica e não de modo geral, criando assuntos a serem desenvolvidos pelos jogadores. A Impressão difere das outras regras de Vínculo pois sempre trata de algo recente e que pode mudar com o tempo, podendo inclusive ter um valor baixo em grandes amizades ou alto em antigos desafetos.

Como neste sistema um maior resultado no dado sempre favorece quem faz o rolamento, esse teste é feito pelo dono do personagem que o jogador irá escrever sobre a relação, podendo os dois inclusive se ajudarem a definir a relação. O narrador deve lembrar aos jogadores que, por pior que seja a Impressão, a noção da importância da Aliança na Ficha de Crônica devem se sobrepor aos seus desentendimentos.

Testes de Impressão: Rolando 1d6, o resultado poder ser Rancor/1, Antipatia/2, Distanciamento/3, Simpatia/4, Admiração/5 ou Gratidão/6. No entanto, se desejar, o narrador pode pedir que se rerrole os resultados 1 e 6 num primeiro encontro entre heróis. Apenas esta indicação pode ser suficiente como referência de interpretação aos jogadores, bastando apenas que eles definam entre si as razões de suas impressões.

Rancor/1: O personagem culpa o outro por algo que tenha feito (ou que acredita que tenha feito) e terminou por prejudicá-lo ou a terceiros que não mereciam as consequências. Não deve ser algo simples de ser admitido ou resolvido e ao menos irá render uma discussão séria entre os dois.
Seguem algumas ideias de impressões rancorosas.
♦ “Acreditei na sua palavra que não teríamos problemas. Para quê? Para quebrá-la desse jeito?”
♦ “Se fosse outra pessoa já estaria morta agora, mas não pense que perdoei ou vou me esquecer do que fez.”
♦ “Roubar dos inimigos não me incomoda, mas furtar a casa de um anfitrião que nos ajuda me faz questionar sua lealdade”.
♦ “O que fez com aqueles rapazes ultrapassou o limite do aceitável. Ainda posso escutar os gritos deles até agora.”
♦ “Não acreditei que fosse me entregar depois de tudo o que fiz há tão pouco tempo.”

Antipatia/2: Existe algo em seu comportamento que incomoda bastante, mesmo que finja que consegue relevar com certa facilidade. Pode ser uma desculpa para esconder alguma indisposição mais séria, mas que pode ser revertida caso consigam se entender.
Seguem algumas ideias de impressões antipáticas:
♦ “Sua atenção recai apenas nos assuntos que lhe dizem respeito. Pede ajuda a todos, mas ajuda apenas quem lhe é útil.”
♦ “Seus métodos violentos um dia vão nos deixar em maus bocados pela quantidade de inimigos que temos feito.”
♦ “Sim, tem talento musical, sem dúvida, mas não tenho tido muita paciência para aquele instrumento e suas músicas.”
♦ “Ao invés de se posicionar e fazer algo mais valioso, prefere ficar enfurnado em meio aos livros longe de todos.”
♦ “Sua ambição está indo longe demais e agora faz com que ignore quem vivem à sua volta.”

Distanciamento/3: Não há nada em especial que esteja incomodando além do que seria o habitual, mas nesse período os dois estão um pouco mais afastados. Acontece. As explicações para essa impressão são mais parecidas com desculpas deslavadas para um afastamento que não têm uma razão específica de ser.
Seguem algumas ideias de impressões de distanciamento:
♦ “Tenho muito respeito por si e sua fé, mas a pregação e as preces intermináveis cansam a minha paciência.”
♦ “Gostaria de estar mais próximo, mas minhas obrigações têm me deixado pouco tempo para visitá-lo.”
♦ “Nossa amizade é antiga e não há necessidade de provar coisa alguma. Em breve estaremos juntos resolvendo algo de novo.”
♦ “Por mais que nossas distensões dêem a entender pelas constantes brigas, não há razão para achar que é meu inimigo.”
♦ “Ficamos colados uns aos outros quando viajamos. É normal que nesses momentos sigamos por caminhos distintos.”

Simpatia/4: Alguns interesses comuns ou certas ajudas mútuas têm colocado os dois mais próximos. Se são amigos, esta seria uma proximidade corriqueira, mas se existe um antagonismo em suas visões de mundo, ele anda um pouco diminuído por conta de pequenas alianças necessárias.
Seguem algumas ideias de impressões simpáticas:
♦ “Por mais que existam desavenças, sua posição o obriga a ser uma dor de cabeça para nós e isso não está acontecendo.”
♦ “Temos andado próximos como sempre. Sua companhia por alguma razão nunca me trouxe qualquer inquietação.”
♦ “Estamos respeitando uma trégua que talvez dure por mais algum tempo, até que tudo volte a ser como antes.”
♦ “Nosso interesse comum pelo bem da aldeia e de seus habitantes tem nos colocado lado a lado com frequência.”
♦ “Apesar de ser extremamente radical, tenho minhas razões para acreditar que não trará mais problemas.”

Admiração/5: Aliado ou rival, o personagem está comprometido com uma causa ou demanda que desperta o seu respeito, especialmente porque este esforço não costuma ser pequeno. Por essa razão, existe uma disposição em ser prestativo com este personagem além do habitual, mesmo que não seja o suficiente para enterrar todas as indisposições do passado quando se trata de alguém menos próximo.
Seguem algumas ideias de impressões de admiração:
♦ “Como se já não bastasse tudo o que fez por nós, ainda se mostra disponível sempre que pedimos o seu suporte.”
♦ “Poderia estar no castelo bebendo e comendo às custas do povo, mas está aqui conosco neste fim de mundo.”
♦ “Acredito que esteja tramando algo, mas preciso admitir que sem sua intervenção tudo isso teria sido bem mais difícil.”
♦ “Pelo que fez, estou disposto a deixar de lado todas as nossas diferenças por algum tempo.”
♦ “Ainda tenho asco da sua companhia, mas já se mostrou mais do que confiável nas últimas vezes que precisamos.”

Gratidão/6: Uma ação em especial foi extremamente significativa e pode mudar a forma como o personagem é visto. No geral, essa ação do personagem pode parecer menor do que uma série de outras intervenções recentes, mas essa em especial cativou como poucas vezes e não pode ser esquecida. É o suficiente para se relevar uma série de outros feitos que de outra forma não seriam esquecidos assim tão rapidamente.
Seguem algumas ideias de impressões de gratidão.
♦ “Podem dizer o que quiserem sobre o seu passado, eu também ouvi. Mas o que fez por mim está acima disso tudo.”
♦ “Depois do que fez estou disposto a esquecer nossas desavenças e lhe dar uma nova chance. Espero que não a desperdice.”
♦ “Já disse e repito: pode me pedir uma coisa, qualquer coisa, e farei o possível para estar à altura do que fez.”
♦ “Pode ser um rato asqueroso, capaz de atos inimagináveis, mas tenho consigo uma dívida que pretendo cumprir.”
♦ “Esteve ao meu lado quando ninguém mais esteve, nem eu mesmo. Jamais serei capaz de esquecer disso.”

Aplicação das Impressões no Sistema

Uma vez esclarecidas as opiniões que os heróis nutrem entre si, os jogadores devem interpretá-las da melhor forma possível. Ao final da sessão, o narrador deverá oferecer 1 a 3 pontos adicionais de Experiência (XP) a partir do comprometimento de cada um às suas impressões. Adicionalmente, caso um jogador interprete a ponto de prejudicar o próprio personagem, o narrador deve permitir que o personagem recupere um ponto de Elã gasto até aquele momento.

One Comment

on “Impressões
One Comment on “Impressões

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *