Poderes Sobrenaturais

_PoderesPoderes sobrenaturais estão presentes em quase todos os cenários de fantasia medieval, e em cada mundo eles se manifestam de uma forma bem particular. Para simplificar a mecânica de magia com alguma margem para que o narrador adapte estas particularidades em seu jogo, o sistema de poderes em Crônicas é customizável.

Apresentando as Opções de Poderes aos Jogadores: Quando o grupo de jogo recebe a Ficha de Crônica, todos são informados sobre os poderes que podem comprar para os heróis, se todos os jogadores ou só alguns terão acesso e o nível de poder disponível.

Exemplo: Numa crônica sobre a influência de vampiros nas Cruzadas, o narrador define na Ficha de Crônica as regras de poderes nesse cenário de Magia Incomum, onde todos os jogadores podem comprar os poderes desde que seus personagens sejam vampiros.
Poderes Vampíricos (Potência Máx. 2): Causar Medo, Celeridade, Comando, Dominação, Fortitude, Invisibilidade, Manipular Sombras, Majestade e Sentidos Aguçados.
Ou seja, cada jogador pode comprar Poderes Vampíricos com Potência Incipiente/1 ou Menor/2, permitindo escolher respectivamente três ou quatro poderes entre os listados acima, desde que atendam os requisitos necessários.

Ao montar a Ficha de Crônica, o narrador deve usar as referências abaixo para os Poderes em suas aventuras.
Origens: Arcano, Angelical, Autômato, Divino, Dracônico, Feérico, Infernal, Lupino, Mágico, Necromântico, Primal, Psiônico e Vampírico.
Potência: Funciona tanto para a quantidade de poderes (‘Potência + 2’ poderes), intensidade e também a frequência com que eles podem ser utilizados em jogo.
Níveis de Potência: Incipiente/1, Menor/2, Radiante/3, Maior/4, Superior/5, Luminar/6+
Poderes: Acalmar, Adivinhação, Assombração, Banimento, Causar Medo, Celeridade, Contato Mental, Comando, Conjuração, Controlar Criatura, Cura pelas Mãos, Dominação, Fortitude, Ilusão, Manipular Sombras, Majestade, Metamorfose, Mover Objetos, Necromancia, Ofuscação, Proteção, Raio, Sentidos Aguçados, Silêncio e Transmutação. Observação: Os nomes destes poderes estão sujeitos a alteração.

Novos Microcontos

Recebemos mais três contribuições na segunda semana de abertura ao público na elaboração dos microcontos. Obrigado Somos muito gratos a Marcus Ferreira, Fred Furtado e Cristiano Chaves de Oliveira, cujos nomes vão aparecer nos créditos deste trabalho. Para participar veja aqui.

Marcus Ferreira

Marujo
A chuva incessante atrapalhava a sua visão. As ondas arrebentando na lateral do barco ensurdeciam-lhe. O vento e as ondulações o impediam de se equilibrar bem enquanto corria pelo convés. Seu capitão bravejava ordens inaudíveis de seu leme, mas ele já sabia exatamente o que fazer.

Fred Furtado

Elfo
Os homens jaziam mortos aos seus pés. De nada lhes adiantara suas espadas e escudos contra um inimigo que não podiam ver. O guerreiro elfo limpou sua espada com um lenço de seda e se desfez de sua invisibilidade, um dos muitos dons secretos de seu povo imortal, que agora guerreava com a humanidade. “Humanos”, pensou, “tão breves e tão tolos.”

Goblin
Os goblins espreitavam o monstro, o único obstáculo entre eles e o almejado tesouro. O líder do grupo carregou seu estilingue, mirou e disparou a pedra de maneira certeira na cabeça da criatura, que foi ao chão em meio a uma nuvem de farinha. Os goblins rapidamente pegaram seu butim e fugiram. Naquela noite sua tribo comeria pão fresco.

Orc
O orc rolou a ribanceira, somando mais feridas ao seu já castigado corpo. Seus perseguidores estavam próximos, mas a casa estava a apenas alguns passos. A moça saiu e ele caiu de joelhos a sua frente, entregando a rosa que havia guardado com a própria vida. A lágrima da jovem foi a última coisa que o orc viu, antes da flecha perfurar seu coração..

Magia Vulgar
O paladino empinou o cavalo e arremessou sua lança contra o peito do dragão. Mortalmente ferida, a criatura urrou e se desfez numa explosão de luz e som que envolveu toda a taverna. A salva de palmas cresceu à medida que as imagens sumiram. O ilusionista fez uma vênia com seu chapéu de abas largas, enquanto as moedas choviam ao seu redor.

Cristiano Chaves de Oliveira

Ferreiro
O tilintar intermitente do metal era música para os ouvidos do armeiro. Ali residia sua alma e, a cada baque do martelo, ele tentava passar um pouco de si para aquela lâmina quente e vermelha. Sob a fumaça, ele sabia que o aço retorcido era apenas o prelúdio. Quando o vermelho se tornasse prata e o disforme ganhasse forma, o metal seria brandido por outras mãos hábeis, mas tilintar seria bem menos rítmico e musical.

Ranger
A fungada forte no barro permeado por musgo fresco e pelo cheiro inconfundível do couro e do suor, o tatear de leve na folhagem torta pelo movimento recente, o vislumbre do longe e do perto, concentrado, pleno de atenção… e o rastro se forma! Límpido como água, fugaz como fumaça. É hora de começar a perseguição!

3 Comments

on “Poderes Sobrenaturais
3 Comments on “Poderes Sobrenaturais
    • O que posso adiantar é que todo personagem com poderes tem um número de Pontos de Poder (PPs) igual à Potencia e geralmente o custo de ativação de um poder é 1 PP. O que pode variar com a crônica é a rapidez com que estes pontos são recuperados. Nos cenários com Magia Subjetiva ou Incomum os personagens recuperam todos os Pontos de Poder por dia, e nos cenários com Magia Constante ou Vulgar eles são recuperados no início de cada nova cena.

      Requisitos e Ativação de Magias: Para poder comprar um poder é preciso atender seus respectivos Requisitos, e quando já se tem esse poder é preciso cumprir sua Ativação para acioná-lo (geralmente 1PP + Êxito em algum teste específico).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *