Personagens

_Personagens3

Personagens: Protagonistas, Antagonistas, Coadjuvantes e Figurantes.

Ficha de Personagem (Download): Ficha em PDF preenchível para que jogadores e narradores guardem os arquivos de seus personagens.

Criação de Personagens em Nove PassosSeja para ajudar os jogadores iniciantes ou agilizar o processo para os veteranos, apresentamos os nove passos necessários para a criação de personagens memoráveis.

Atributos: Agilidade, Blefe, Conhecimento, Cura, Força, Furtividade, Inteligência, Lábia, Ladinagem, Liderança, Manejo, Percepção, Performance, Pontaria, Resistência, Sobrevivência, Trato com Animais e Vontade.

Extras: Amarração dos Heróis ♦ Corrupção ♦ Elã Detalhado ♦ Experiência ♦ Insanidade ♦ Motivações ♦ Organizações como Personagens ♦ Raças e Povos ♦ Virtudes e Fraquezas Detalhadas ♦ 75 Fichas pela Ocupação,

Animais: Águia, Cão, Coruja, Cavalo, Corvo, Falcão, Gamo, Gato, Javali, Lobo, Morcego, Ovelha, Pássaro, Pônei, Raposa, Ratazana, Sapo, Touro, Urso e Vaca.

Criaturas: Anão, Anjo, Autômato, Demônio, Dragão, Draur, Elfo, Esqueleto, Fada, Fantasma, Gigante, Goblin, Homem-Lagarto, Jotun, Lobisomem, Ogre, Orc, Troll, Vampiro e Zumbi.

Poderes: Acalmar, Assombração, Banimento, Bênção, Brutalidade, Captar Emoções, Causar Medo, Contato Mental, Contato Extraplanar, Conjurar [Animal ou Criatura], Controlar [Criatura], Contramagia, Criar Luz, Cura pelas Mãos, Detectar [Alvo], Dominação, Forma Bestial, Forma Ilusória, Ilusão, Imponência, Impulso, Invisibilidade, Manipular Memória, Manipular Sombras, Metamorfose, Mover Objetos, Necromancia, Profecia, Proteção, Raio, Sentido Aguçado e Silêncio.
Níveis de Potência: Incipiente/1, Menor/2, Radiante/3, Maior/4, Superior/5 e Luminar/6+

Origens de Poderes: Arcano, Angelical, Autômato, Divino, Dracônico, Feérico, Infernal, Lupino, Mágico, Necromântico, Primal, Psiônico, Vampírico, entre outras que podem ser criadas pelo narrador.

Posses: Os itens podem ser divididos em Ordinários, Relíquias, Objetos de Poder e Artefatos (ver Armas Medievais).

Criação de Personagens

Este sistema é fácil o bastante para ajudar a criar um elenco de apoio diverso, mas também heróis com personalidade e profundidade. Cada ficha de personagem é separada em quatro partes: Conceito (nome, raça/povo, ocupação, posição social, etc.), Atributos e Especializações (agilidade, conhecimento, cura, força, etc.), Antecedentes (histórico, comportamento, elã, recursos, status, etc.) e Combate (físico, mental, social e ataques).

O Conceito diz respeito à algumas características essenciais que definem o personagem.
Nome: O livro irá oferecer uma tabela com prefixos e sufixos que ajudarão a criar nomes de personagens medievais.
Raças/Povos: Para manter o equilíbrio de poder entre as raças e povos disponíveis cada uma delas terá o mesmo número de vantagens e desvantagens, tornando assim mais fácil e rápida a criação de personagens, bastando apenas acoplar estes diferenciais nas fichas de personagens dos heróis e qualquer uma das 100 outras fichas disponibilizadas no livro.
Ocupações: Aprendiz, Assassino, Bardo, Caçador, Campeão, Cavaleiro, Clérigo, Conselheiro, Druida, Espião, Feiticeiro, Ferreiro, Ladrão, Governante, Guerreiro, Marujo, Mago, Mercador, Mercenário, Paladino, Protegido, Ranger, Saltimbanco, Selvagem e Serviçal.
Posições Sociais: Pária, Escravo, Miserável, Artista, Vassalo, Comerciante, Guerreiro, Sacerdote, Comandante, Nobre, Lorde e Monarca.
Morada: Comunidade ou região que o personagem chama de casa. É onde as pessoas o conhecem e existem laços que o prendem ali.
Patrono: Indivíduo a quem o personagem deve respeito e obediência, pois são suas forças que protegem sua Morada.
Lealdade: Indivíduo, organização ou instituição a quem o personagem tem um compromisso de confiança.
Devoção: O culto, filosofia, facção ou instituição religiosa ao qual o personagem presta a sua fé.
Idade: Criança, Adolescente, Jovem, Adulto, Meia Idade, Velho e Venerável.
Aparência: Adjetivo que melhor representa o personagem à primeira vista.

Os Atributos e Especializações definem as características do personagem que podem ser avaliadas por meio de testes e referências numéricas na ficha. Especializações são subdivisões dentro do atributo, onde é possível destacar-se separadamente.
Atributos: Agilidade, Blefe, Conhecimento, Cura, Força, Furtividade, Inteligência, Lábia, Ladinagem, Liderança, Manejo, Percepção, Performance, Pontaria, Resistência, Sobrevivência, Trato com Animais e Vontade.
Níveis de Atributo: Deficiente/0, Fraco/1, Medíocre/2, Bom/3, Ótimo/4, Excelente/5 e Impressionante/6+
Níveis de Rolamento (Atributo + Especialização): Novato/1, Experiente/2, Veterano/3, Elite/4, Mestre/5 e Lendário/6+

Os Antecedentes apresentam a identidade de um personagem, como o seu passado e sua personalidade.
Histórico: Uma frase para cada nível de Idade do personagem.
Comportamento: Cinco traços de personalidade que resumem as atitudes e maneirismos do personagem, e ao menos dois devem ser negativos.
Elã: Capacidade do indivíduo de mudar o próprio destino.
Recursos e Status: Cada personagem tem um valor de Recursos inicial a partir de sua Posição Social.
Status: Sua posição na hierarquia da Organização a que pertence (ver Lealdade).
Virtudes e Fraquezas: Vantagens e Desvantagens que mais diferenciam os personagens.
Posses: Equipamento que o personagem geralmente carrega consigo.

Combate aponta os valores de Combate na ficha de personagem tratam de três tipos de desafios: Escaramuça (físico), Jogo (mental) e Negociação (social), mas em todos eles os quatro valores sempre dizem respeito à Iniciativa, Defesa, Absorção e Vitalidade.
Ataques: Cada ataque possui um tipo diferente: físico (espadas, facas, maças, etc.); mental (cartas, xadrez, certame, etc.); ou social (carisma, enganação, persuasão, etc.)

Se quiser uma versão em PDF preenchível e alta definição da Ficha de Personagem, é só baixar aqui, mas aconselhamos utilizar as duas guias abaixo (Criação de Personagens e Regras Básicas) para facilitar a consulta na criação dos heróis.

Guias e Fichas - Ficha de Persongagens

Guias e Fichas - Guia de Criacao de Personagens

Guias e Fichas - Guia de Regras Básicas

Seguem algumas orientações para a criação dos personagens dos jogadores:
♦ Jogadores devem conversar bastante com o narrador sobre a crônica e os protagonistas.
♦ Evite construir heróis parecidos demais, mesmo se forem gêmeos de uma mesma ocupação.
♦ Construa cada herói a partir da Ficha de Crônica e de forma cooperativa com os outros jogadores.
♦ Todo personagem precisa ter seus pontos investidos tomando como referência Ocupação e Histórico.
♦ Os protagonistas não precisam ser amigos, basta que tenham interesses e prioridades em comum.
♦ Alguns personagens dos jogadores podem ser amarrados nos Históricos uns dos outros.
♦ Os personagens não foram feitos para serem equilibrados, especialmente pela Idade e pela Reputação.
♦ Personagens com menor Status escolhem Virtudes Únicas antes daqueles com valor maior.
♦ Heróis com maior Status devem pertencer aos jogadores com o maior comprometimento com o jogo.
♦ A Aliança na Ficha de Crônica precisa ser respeitada para garantir que o jogo seja cooperativo.
♦ O narrador precisa compensar os protagonistas mais fracos com alguma vantagem relevante na narrativa.
♦ Atritos entre heróis são bem vindos, mas será prejudicial transformá-los em inimigos cedo demais.
♦ Os jogadores devem distribuir a atenção aos desafios secundários entre os heróis sem esquecer nenhum.
♦ O narrador precisa revisar a ficha recém construída de cada jogador para pedir eventuais acertos.
♦ Toda solicitação de revisão na Ficha de Personagem deve ser explicada pelo narrador.

4 Comments

on “Personagens
4 Comments on “Personagens
  1. Poxa, sempre que eu leio essa página eu estranho o nome elã… Não acho muito sonoro…
    Não seria uma possibilidade mudar o próprio para “Destino”, ou algo mais palpável?

    (só uma sugestão, para mostrar um ponto de vista)

    • Salve Lucas, Elã é uma palavra que à princípio causa estranhamento por ter origem francesa (significa “entusiasmo”), mas é a que melhor representa essa parte da regra, pois é a capacidade de uma pessoa mudar o rumo do próprio destino, característico dos mais novos, que têm mais facilidade de sair da zona de conforto. “Destino” não seria uma boa palavra pois dá a entender que o destino está sempre à favor do personagem, o que não é verdade. Veja mais aqui: http://cronicasrpg.com.br/?p=888

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *