Apresentação

_Navegação

Crônicas é um RPG onde o narrador pode adaptar qualquer cenário de fantasia medieval numa Ficha de Crônica, que servirá de referência para os jogadores construírem seus heróis de acordo com os desafios que enfrentarão em suas aventuras. Com um sistema de regras simples, rápido e divertido, que permite criar histórias com desfecho em poucas sessões de jogo, este projeto propõe tornar o RPG mais próximo dos jogos de tabuleiro.

Escrito pelo autor das ‘Crônicas de Avalon’, Pedro Borges, e com Caio Monteiro como principal ilustrador, Crônicas é um livro de regras inteiramente colorido, com arte 100% original, 304 páginas, capa dura e uma nova proposta de expandir continuamente suas regras, monstros, aventuras e especialmente crônicas por aqui.

Compre o livro! http://newordereditora.com.br/loja/rpg/cronicas-rpg/

Entenda em poucos minutos com o video de apresentação criado pelo Canal Quimera:

Se quiser saber mais, ouça o podcast Conhecendo o Crônicas RPG, realizado com o pessoal do Perdidos no Play. Para entender ainda mais sobre o sistema, também já foi publicado um Tutorial da Ficha de Crônica.

Se quiser saber mais, ouça o podcast Conhecendo o Crônicas RPG, realizado com o pessoal do Perdidos no Play.
Para entender ainda mais sobre o sistema, também já foi publicado um Tutorial da Ficha de Crônica.

Segue o video de demonstração do visual do livro, folheado do início ao fim:

Confira também a conversa que tivemos com o pessoal do RPG Notícias…

…e com o pessoal da Roleplayers.

Acompanhe-nos pelo Facebook, mas principamente por aqui pelo site, onde vamos publicar semanalmente atualizações sobre o desenvolvimento do sistema e as novas fases do projeto.

Compre o livro! http://newordereditora.com.br/loja/rpg/cronicas-rpg/

Histórico do Projeto

Elaboração do Sistema
A ideia de abrir o ‘Crônicas de Avalon’ num sistema aberto de RPG de fantasia medieval já era antiga, mas só depois que a estrutura das regras foi fechada é que o projeto realmente surgiu. Em poucas semanas as ideias dos Desafios e da Ficha de Crônica foram estruturadas e os amontoados de anotações começaram a encher um caderno.
Começo da elaboração: Julho/2012
Fechamento do sistema: Junho/2015

Construção do Livro
Finalmente as anotações começam a ser organizadas e começou o planejamento editorial. O livro foi separado estruturalmente em três capítulos, nesta ordem: Narrativa, Personagens e Desafios, e cada um deles foi desenvolvido separadamente.
Começo da construção: Outubro/2012
Finalização do arquivo do livro: Junho/2015

Testes de Jogo
Só quando a teoria foi posta em prática que se descobriu que o sistema realmente funciona. Para isso, contamos com um grande grupo de parceiros que jogam RPG há mais de 20 anos e se tornaram essenciais para que o sistema se tornasse mais equilibrado. Foram jogados ao todo três crônicas de dez sessões e nove versões de uma mesma crônica de uma sessão, ‘O Estandarte do Corvo’, a primeira criada para o sistema.
Começo dos Playtests: Maio/2013
Finalização dos testes: Junho/2015

Abertura do Projeto para o Público
No Encontro Internacional de RPG de São Paulo de 2013 foram distribuídos os primeiros cartões com o endereço desse site, e a partir de então teve início a divulgação pela internet. Além de convidar o público para acompanhar a evolução do projeto, convidamos todos a participar na construção dos microcontos do livro.
Começo das divulgações: Julho/2013
Fechamento do contato com o público: Indefinido (pelo menos até Junho/2016)

Financiamento Coletivo
Com mais de dois terços (2/3) do livro escrito e pelo menos 40 ilustrações prontas (todas originais), só então começamos o financiamento coletivo.
Começo da financiamento coletivo: Novembro/2013
Fechamento do projeto no Catarse: Dezembro/2013

Editoração do Livro
Esta foi a principal razão para o atraso na nossa entrega das recompensas. Com o projeto financiado, uma série de novas contribuições foram oferecidas para melhorá-lo, levando-nos à difícil decisão de atrasar todo o projeto por um ano e três meses. Depois que o livro foi finalizado, tivemos a certeza de que foi a opção mais acertada
Começo da editoração: Janeiro/2014
Fechamento do arquivo do livro: Junho/2015

Impressão e Distribuição
Com o livro finalizado, preparamos uma boneca para dar os últimos retoques e dar o sinal verde para a gráfica rodar nossa primeira edição. Um mês depois a New Order Editora começou a distribuição das primeiras tiragens.
Começo da Impressão: Julho/2015
Início da entrega das recompensas: Agosto/2015

Se você deseja acompanhar este projeto mais de perto, siga-nos pelo Facebook.

Se quiser saber mais, ouça o podcast Conhecendo o Crônicas RPG, realizado com o pessoal do Perdidos no Play.

Compre o livro! http://newordereditora.com.br/loja/rpg/cronicas-rpg/

Obrigado a todos pela atenção.

Grande abraço!

_Pag_Cavaleiro

9 Comments

on “Apresentação
9 Comments on “Apresentação
    • Além dos nos acompanhar pelo site, pela fanpage e pelo grupo do Facebook, estamos fazendo playtests em eventos de RPG por aqui pelo Rio (provavelmente em São Paulo em novembro) e em breve vamos publicar um fastplay por aqui.

  1. Realmente eu gostaria de acompanhar de perto este projeto. Aqui em miha cidade já tivemos inúmeros jogadores de RPG só que com a falta de divulgação e o surgimento de novos jogadors a coisa foi ficando meio esquecida e gostaria de trazer o bom e velho RPG de volta.

  2. Essa semana recebi o Crônicas RPG em casa! ^^

    Gostaria de dizer que valeu muito (mas muito mesmo) esperar mais de um ano e meio por esse livro. Desde o começo já sabia que um projeto desse porte iria atrasar, por isso não me incomodei. Porém, devo acrescentar que o material entregue superou todas as minhas expectativas. Está simplesmente um primor! =D

    Todos os envolvidos estão de parabéns!

    (PS: Pedro, você recebeu o email que mandei falando sobre um projeto fanmade para o Crônicas?)

  3. Fiquei um pouco decepcionado quando li a parte de formação do Paladino no livro. Tá na cara que quem escreveu sente um desprezo pela classe. Acabaram com ela, removeram todo o heroísmo e zelo da classe para os classificarem como meras vítimas de lavagem cerebral, achei isso muito ruim… fora isso o livro é muito bem feito e as ilustrações dispensam comentários.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *